Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$3,423.59
-3.95%
Ethereum (ETH)
$88.57
-4.95%
Bitcoin Gold (BTG)
$11.74
-3.38%
XRP (XRP)
$0.301184
-2.05%
EOS (EOS)
$1.86
-8.47%
LiveTree lança ICO reverso para romper com a Indústria de Ho...

Altcoins, ICO

LiveTree lança ICO reverso para romper com a Indústria de Hollywood

Londres — A empresa de filme, TV e conteúdo da LiveTree captou 5% do mercado de crowdfunding do Reino Unido nos últimos dois anos, promovendo diversos parceiros de alto nível como o British Film Institute, a Red Rock Entertainment, o Screen Arts Institute e 14 mil fornecedores da indústria global. O antigo negócio migrará para a LivreTree ADEPT.

A LiveTree Adept é a próxima geração da plataforma construída com base nos aprendizados do negócio anterior. A nova plataforma, ADEPT, vai além do crowdfunding e utiliza a blockchain para diminuir taxas, eliminar contratos caros e introduzir a primeira plataforma de distribuição de ponta a ponta do mundo, Digital Rights Management (uma indústria de filme, TV e conteúdo que vale U$500 bilhões).

Desenvolvida com a tecnologia de blockchain do Ethereum, a nova plataforma capta participações de mercado por meio de um token incentivado pela comunidade de fãs de distribuição de TV e filmes. Ela arrecadará mais de U$50 milhões por meio da venda de tokens que iniciou no dia 1 de dezembro, quando a pré-venda de 35 milhões de seed tokens (SED) foi lançada. Visite ADEPT.livetree.com para mais informações.

A LiveTree ADEPT está prevista para romper com uma indústria de entretenimento de U$500 bilhões, usando a tecnologia de blockchain para empoderar fãs e cineastas com recursos chaves, incluindo:

Gerenciamento de direitos digitais: A propriedade e o compartilhamento de propriedade intelectual de vídeos serão movidos para a blockchain. Isso abre possibilidades para o público geral possuir o que assiste e receber lucros provindos da distribuição de conteúdo como, por exemplo, assinaturas, pay-per-view e publicidade. O novo canal digital Blossom TV será o destino deste conteúdo alimentado pela comunidade.

Contratos legais envolvidos na produção, no financiamento e na distribuição de filmes, TV e conteúdo são frequentemente vistos como penosos e muito caros. A ADEPT substitui esses contratos por “contratos inteligentes” (smart contracts) baseados na blockchain. Isso reduz custos e promove a gamificação da comunidade de fãs.

Token digital: O token digital Ethereum ECR20 “LiveTree Seed” é programado para substituir mensalidades de assinaturas, taxas legais e custos de financiamento. O token estimula o crescimento da comunidade ao permitir que fãs gamifiquem o processo de produção, por meio do compartilhamento, da participação e da promoção do conteúdo que assistem.

A LiveTree ADEPT conta com um roadmap de cinco anos para a captação de participações de mercado. Além da abordagem da comunidade ADEPT, a empresa licenciará filmes específicos para a plataforma por meio de fundos da incubadora da marca – o que se espera que gere um valor significativo para o SED. Incubadoras em Los Angeles, Londres e Nova Iorque produzirão programas de TV originais da LiveTree Blossom, o que será usado para aumentar, futuramente, o valor do token, ao mesmo tempo em que promoverá a adoção popular da Blossom TV.

 

Mais informações em: https://adept.livetree.com

Sobre a LiveTree ADEPT: https://www.youtube.com/watch?v=yQrJYfzwovI

Vídeo explicativo da LiveTree ADEPT: https://www.youtube.com/watch?v=sG9EwTijb-E

Projetos que ajudamos a concretizar: https://youtu.be/DjcLJoa56TE

Whitepaper: https://goo.gl/Z9v26V

BitcoinTalk: https://bitcointalk.org/index.php?topic=2302310.0

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCaYwptvyg18MS1D6j2o60wg

 

Contato de mídia

Nome: Lennard van Otterloo

E-mail: lvo@livetree.com

 

LivreTree ADEPT é a fonte deste conteúdo. Moeda virtual não é uma proposta legal, apoiada pelo governo, e balanços contábeis e de valor não servem como proteção ao consumidor. Este release de imprensa tem apenas propósitos informacionais. A informação não constitui em um aconselhamento ou oferta de investimento.

Redação

Comentários