Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$3,544.39
-1.03%
Ethereum (ETH)
$116.25
-1.70%
XRP (XRP)
$0.314067
-1.29%
EOS (EOS)
$2.42
-0.82%
Bitcoin Gold (BTG)
$11.04
0.38%
Apple bani o Bitcoin no ioS.

Bitcoin

Apple bani o Bitcoin no ioS.

“Isto é para os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. Os que são peças redondas nos buracos quadrados.Os que vêem as coisas de forma diferente. Eles não gostam de regras. E eles não têm nenhum respeito pelo status quo. Você pode citá-los, discorda-los, glorificá-los ou difamá-los.A única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas.Eles inventam. Eles imaginam. Eles curam. Eles exploram. Eles criam. Eles inspiram.Eles empurram a raça humana para frente.Talvez eles tenham que ser loucos.Como você pode olhar para uma tela em branco e ver uma obra de arte? Ou sentar em silêncio e ouvir uma música jamais composta? Ou olhar para um planeta vermelho e ver um laboratório sobre rodas? Enquanto alguns os vêem como loucos, nós vemos gênios. Porque as pessoas que são loucos o suficiente para achar que podem mudar o mundo, são as que de fato, mudam.” Think different – Apple Inc.

Talvez a Apple deveria ter acrescentado um aviso: “Enquanto os “rebeldes” não ameaçarem a nossa margem de lucro.” Os rebeldes já não comandam o show na Apple e provavelmente em breve devem trocar a marca também.

Na quarta feira, 05 fev, a Apple desferiu o ultimo golpe e o mais devastador no ecossistema Bitcoin no ioS, removendo a carteira “Blockchain”, o último aplicativos de carteira Bitcoin. A Apple não fez nenhum aviso, ou notificação para resolver qualquer tipo de problema. Com isso a Apple diz não ao Bitcoins e deixa o espaço livre totalmente para seu competidor móvel, o Android.

Além disso demonstrando a base arbitrária desta decisão, a comunicação oficial da Apple diz que o aplicativo foi removido por causa de um “problema sem solução”, uma afirmação que não pode sequer ser disputado e resume-se a “porque eu quero.” Não houve comunicação prévia à remoção deste app popular, nenhuma indicação de qualquer problema e nenhuma oportunidade para corrigir quaisquer problemas, fazendo uma paródia da alegação de que havia um “problema sem solução”. Infelizmente, Coinbase , GliphCoinJar todos foram sacrificados no altar da inovação.

A censura de aplicações da Apple com bitcoin, especialmente quando vista no contexto de remoção de um aplicativo de 2 anos com 120 mil de downloads é histórico e sem precedentes.

Essas ações da Apple mais uma vez demonstra a natureza anti-competitiva e caprichosa na politica da App Store, que está claramente focada em preservar o monopólio da Apple sobre os pagamentos e não com base em qualquer consideração das necessidades e desejos dos usuários.

A aplicação blockchain era a mesma que estava na App Store por 2 anos, com mais de 120.000 downloads, sem queixas de clientes e uma ampla case de usuários. A única coisa que mudou é que o Bitcoin tornou-se competitivo para sistema de pagamento próprio da Apple. Ao remover o aplicativo blockchain, a primeira e a ultima aplicação com carteira de Bitcoin na app store, a Apple eliminou a concorrência usada a sua posição monopolista no mercado de forma desejada.

A decisão ataca uma tecnologia emergente e inovadora que está capacitando mais de 2,5 milhões de usuários em uma grande variedade de dispositivos de computação em todo o mundo, dando-lhes o controle irrestrito e total sobre o seu dinheiro, enquanto interrompendo os sistemas de pagamentos centralizados controladas por gigantes corporativos, como Apple. A resposta dos usuários às restrições impostas às aplicações do bitcoin, levaram milhares de pessoas a fugir para o sistema operacional móvel Android, do Google, que oferece um ambiente muito mais aberto para a inovação. Ao contrário da Apple, o Google aceitou centenas de aplicações relacionadas com bitcoin, embora eles também competir contra próprio sistema de pagamentos da empresa “Google Wallet”.

fonte: Blockchain

 

Paulo Fiorio

Comentários

coinmag

Fundador e Editor do Bitcoin News Media Group, especialista em construção de marca e tendências de mercado. Foi estudando sobre tendências que conheceu o Bitcoin, desde então se dedica ao Bitcoin News e outros projetos relacionados à Bitcoin.