Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$3,256.81
-1.9%
Ethereum (ETH)
$84.80
-2.0%
Bitcoin Gold (BTG)
$10.91
-3.6%
XRP (XRP)
$0.289419
-3.29%
EOS (EOS)
$1.85
-1.22%
Hada DBank: O Primeiro Banco Islâmico Baseado na Blockchain

Bitcoin

Hada DBank: O Primeiro Banco Islâmico Baseado na Blockchain

Comunicado de Imprensa Bitcoin: Evitando os aspectos defeituosos dos bancos convencionais para defender os ideais mais justos e transparentes do setor bancário islâmico, o Hada DBank visa ser o primeiro banco digital a fundir os módulos do banco islâmico com os recursos inovadores da tecnologia da blockchain.

1 de fevereiro de 2018, Kuala Lumpur, Malásia – Com a emergência dos princípios do banco islâmico para estabelecer um novo futuro a frente dos atuais sistemas bancários e financeiros convencionais, o Hada DBank, sediado em Kuala Lumpur, está trabalhando para se posicionar na vanguarda, fundada nos valores islâmicos de compartilhamento justo e transparente por conta e risco.

Por que o setor bancário islâmico?

Apesar de operações aparentemente similares na superfície, o setor bancário islâmico se distingue dos bancos tradicionais em dois grandes princípios: o primeiro é o compartilhamento de lucros e perdas, e o segundo é a proibição de juros tanto por credores quanto investidores, descartando todos os modelos remunerados a juros que têm se provado insustentáveis e cúmplices nas falhas do setor bancário global.

Menos risco: respeitando princípios mais rigorosos em relação a requisitos de capital e mobilização de depósito, o banco islâmico, por definição, carrega menos risco e resultados em operações mais resilientes que suas contrapartidas convencionais. 

Transparência: depositantes em bancos islâmicos são autorizados a ser completamente informados a respeito de exatamente quais bancos utilizam seus depósitos e como eles fazem isso. Os depositantes também são democraticamente permitidos a decidir onde seu dinheiro é investido.

Vantagem do Hada DBank

Por conta das Leis Financeiras Islâmicas proibindo capitais de risco, o Hada DBank terá uma proporção máxima de Passivos a Ativos de 1:3. Todas as poupanças serão apoiadas por ativos valiosos, tais como metais preciosos, e são integralmente asseguradas de acordo com os princípios do banco islâmico.

Todos os usuários terão acesso a um serviço bancário pessoal com recursos completos, incluindo:

– conta criptografada e carteira virtual gratuitas, acessíveis por meio de telefones móveis inteligentes ou convencionais.

– contas de poupança com Hibah (presente opcional comumente baseado na performance dos negócios) de 5% por ano, sem taxa de saque.
– transferência sem taxas ou remessa de fundos (tanto moeda nacional quanto criptomoeda) entre poupanças e carteiras virtuais.

– HADA Exchange, apresentando taxa zero em câmbios de criptomoedas, ou nos principais câmbios entre moedas nacionais e criptográficas.
– juros de 0% em empréstimos com um provável retorno de investimento de 10%, baseado nos produtos de investimento islâmicos de taxa fixada, de acordo com os conceitos islâmicos de Murabahah (Venda de Custo Majorado) e Tawarruq (Venda de Mercadoria de Custo Majorado).
– cartões de débito físicos e virtuais com dinheiro de volta (cashback) e programas de desconto com parceiros afiliados e comerciantes.

Os usuários também terão acesso ao Bot HUDA, um robô de gerenciamento financeiro que os ajuda a gerenciar seus gastos, ganhos e metas financeiras. Eles também podem se beneficiar de uma inteligência artificial (IA) sofisticada na forma de um conselheiro financeiro pessoal (HADI) que pode ajudar a tomar decisões de investimento informadas baseadas em conselhos e análises objetivos.

Atencioso e pessoal

Os valores centrais do Hada DBank de atenção e pessoalidade moldam seus serviços, transações, interações e operações de negócio. Reconhecendo que seus clientes são a espinha dorsal de um banco, o Hada DBAnk aspira cuidar, trabalhando para melhorar vidas, ao invés de simplesmente lucrar com elas. Ele trabalhará arduamente para personalizar serviços e atenção, encorajando e promovendo a grande diversidade de necessidades e exigências de cada cliente individualmente.

Longe da exclusão, o setor bancário islâmico não é simplesmente para muçulmanos. Seus princípios estimulam a inclusão universal e carregam em seu nome uma mensagem distinta de transparência e compartilhamento de risco para todos.

Parceria de mídia com a Bitcoin PR Buzz

Como um banco digital pioneiro visando aumentar os módulos do setor bancário financeiro com a tecnologia da blockchain, o Hada DBank está ciente da necessidade de defesa ampla e conscientização crescente de seu projeto inovador.

Como tal, ele tem orgulho de anunciar uma parceria com a Bitcoin PR Buzz como sua parceria estratégica de mídia. Como a primeira agência de relações públicas na área de criptomoedas e blockchain, ela se beneficia de sua intimidade e reputação com diversas plataformas de distribuição de informação, tais como CryptoCoinsNews, The Merkle, Coinspeaker, CoinIdol e muitos outros novos websites internacionais de Bitcoin. Além disso, sua rede se estende a centenas de canais de notícias online.

A Bitcoin PR Buzz deu boas vindas à parceria, dizendo: “Estamos empolgados para apoiar o primeiro banco islâmico baseado na blockchain”.

Com uma sólida parceria de mídia formada, o Hada DBank aguarda ansiosamente para aumentar sua visibilidade e presença elevada na indústria.

Desenvolvimento do Hada DBank e HADACoin

Para arrecadar os fundos necessários para o desenvolvimento completo dos produtos e serviços do primeiro banco digital islâmico baseado na blockchain, o Hada DBank realizará uma campanha de financiamento coletivo por meio da venda de tokens HADACoin.

A HADACoin será o ativo digital nativo que permitirá que os usuários conduzam transações bancárias básicas e diárias, convertíveis para e de outras moedas nacionais e criptográficas dentro da plataforma e cartão de débito da Hada DBank. Com base na plataforma Ethereum, a HADACoin se beneficia da transparência de uma blockchain pública e da segurança de contratos inteligentes.

A HADACoin será vendida durante a pré-venda a taxas crescentemente maiores, ajustando-se ao estoque, começando na taxa de 1 ETH = 2.000 HADACoins para os primeiros 10 milhões de tokens, e gradualmente reduzindo a cada 10 milhões de tokens. Uma venda relâmpago está no ar agora, com o ETH concedendo aos participantes 4.000 tokens pelo primeiro milhão de moedas.

Com a recente aquisição de diversos parceiros estratégicos, incluindo a BPRB, o Hada DBank decidiu estender sua pré-venda para o dia 28 de fevereiro de 2018 para aproveitar-se de um marketing aprimorado e penetração de mercado.

Uma vez que a plataforma da Hada DBank for lançada, a HADACoin será negociada no câmbio F1Cryptos, a primeira de muitas parcerias com plataformas de câmbio à frente.

A equipe

A equipe de desenvolvimento da Hada DBank se beneficia da experiência diversa de seus membros nos setores de negócios, blockchain, segurança da informação, investimento e banco.

Alguns dos membros chave na equipe incluem:

Mohd Al-Shazanous, Diretor Executivo, Diretor Financeiro e Cofundador
Com uma década de experiência no gerenciamento financeiro e de risco dentro do setor bancário e de energia, Mohd tem uma percepção profunda de questões econômicas de pobreza e acredita que a liberdade, transparência e justiça tanto do princípios dos bancos islâmicos, quanto da blockchain, podem estabelecer uma fundação futura para uma economia global nova e resiliente. https://www.linkedin.com/in/mohd-al-shazanous-mohd-bakar-56410a106/

Linda Azmi, Diretora de Marketing e Cofundadora
Tendo gerenciado projetos de marketing para alguns dos maiores nomes no sudeste asiático, Linda tem um talento para desenvolver estratégias de marketing de ponta e entende o valor do marketing digital. https://www.linkedin.com/in/lindaazmi/

Juan Mahussin, Diretor de Tecnologia e Cofundador
Um verdadeiro geek de coração, Juan tem uma habilidade excepcional para dissecar qualquer tecnologia e melhorá-la. Ele trabalha com Solidity e Python, além de também ser um habilidoso designer gráfico e de 3D. https://www.linkedin.com/in/juanmahussin/

Marcos Macias, Diretor de Operações
Um líder nato, Marcos antecipa resultados em gerenciamento efetivo ou em projetos e execuções impecáveis, com um respeito profundo pelas nuances de relações pessoais e profissionais. https://www.linkedin.com/in/marcos-joel-macias-97203867/

Ernest Loh, Relações Públicas e Porta-Voz
Nutrindo a aspiração de ser um influenciador, o grande interesse de Ernest por mídias sociais e tecnologia da blockchain faz dele o rosto público perfeito para a Hada DBank. https://www.linkedin.com/in/ernestloh/

A equipe também é apoiada por uma diretoria de aconselhamento multifacetada, com alguns dos principais nomes da academia e dos setores bancário e legal, incluindo o Professor Emérito Dr. Barjoyai Bardai (Banco e Finanças Islâmicos), Ayad Almutairi (Banco e Investimento Islâmicos), DR. Guan Seng Khoo (Cientista de Riscos e Dados) e Robby Schwertner (Especialista em Economia de Blockchain).

Saiba mais no website: https://www.hada-dbank.com/
Leia o Whitepaper: https://drive.google.com/file/d/16nbPwXqjXRRmVKstu1dn4NobywANASkH/view
Converse com a equipe do Hada DBank no Telegram: https://t.me/HADADBank
Siga no Twitter: https://twitter.com/HadaDBank
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/hadadbank.official/
Converse com o Hada DBank no bitcointalk: https://bitcointalk.org/index.php?topic=2607739.0
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/hadadbank/
Saiba mais sobre o Hada DBank no Medium: https://medium.com/@hadadbank

Contato de mídia
Nome: Linda Azmi
E-mail: cmo@hada-dbank.com
Local: Kuala Lumpur, Malásia
Companhia: Hada DBank

Hada DBank é a fonte deste conteúdo. Moeda virtual não é uma moeda corrente, não é apoiada pelo governo e contas e balanços de valor não são sujeitos a proteção ao consumidor. Este comunicado de imprensa possui apenas propósitos informacionais. A informação não consiste em conselho de investimento ou oferta para investir. A venda de token do Hada DBank é fechada aos participantes dos Estados Unidos e países onde ICOs são ilegais.

Redação

Comentários