Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$3,500.12
-1.99%
Ethereum (ETH)
$108.56
-5.80%
XRP (XRP)
$0.299508
-4.25%
EOS (EOS)
$2.32
-4.30%
Bitcoin Gold (BTG)
$10.41
-4.39%
Kim Dotcom usará a tecnologia do Bitcoin para construir uma ...

Bitcoin

Kim Dotcom usará a tecnologia do Bitcoin para construir uma Internet descentralizada

Kim Dotcom, criador do MegaUpload, busca reinventar o futuro da Internet com a ajuda do seu smartphone, quer dizer, de 100 milhões de smartphones. Na conferência empresarial de startup SydStart, em Sydney, ele revelou um teaser de seu próximo projeto on-line chamado MegaNet.

A Internet está tornando-se cada vez menos e menos descentralizada.

Talvez você se preocupe com a quantidade de informações buscadas sobre você por órgãos de vigilância como a NSA? Talvez o fato de empresas de tecnologia como Google e Facebook terem as informações pessoais de centenas de milhões de usuários em seus servidores incomode você? Talvez o fato de você estar on-line não deva ser motivo para torná-lo uma vítima de roubo de identidade não reclamada no futuro? Kim Dotcom e sua proposta Internet descentralizada MegaNet buscam curar os males crescentes do atual protocolo de internet.

Segundo Kim Dotcom, a chave para uma Internet mais segura e descentralizada estará na tecnologia blockchain, ou uma versão do conceito original do bitcoin. Ele passou dois anos trabalhando no programa e basicamente transformando a Internet em um aplicativo de smartphone encriptado e descentralizado. Em termos gerais, ele funciona da seguinte forma:

Se você tiver 100 milhões de smartphones com o aplicativo do MegaNet instalado, teremos mais capacidade de armazenamento on-line, largura de banda e poder de cálculo do que a combinação dos 10 maiores sites do mundo”, afirmou Dotcom. “Ao longo dos anos, com esses novos dispositivos e suas capacidades, especialmente a capacidade da largura de banda móvel, não haverão limites. Usaremos chaves muito longas, sistemas que não sofrerão engenharia reversa ou serão craqueados por qualquer supercomputador.

Ele acrescentou:

Espero que esta seja uma das várias abordagens para tentar impedir que governos controlem esta coisa belíssima que é a Internet.

Dotcom diz que usará uma versão mais rápida da tecnologia blockchain para trocar dados pelo mundo. Não haverão endereços IP dentro da MegaNet, como faz o atual protocolo de internet IpV4 para melhorar a segurança de usuários. Ainda assim, ela usará o protocolo de internet atual inicialmente como uma “rede burra” para fazer a coisa funcionar. Sua equipe e ele estão trabalhando em um novo tipo de encriptação que funcionará independentemente de como o MegaNet é acessado. A largura de banda viria do uso de Wi-Fi e quando o celular estiver ocioso, então não haveriam cobranças por um IP.

Isso está próximo de tornar-se realidade?

Pode estar mais próximo do que você imagina. Dado o fato de que ele está próximo o bastante da conclusão para fazer uma apresentação na SydStart, Dotcom acredita que sua empresa esteja pronta para o financiamento de capital de investimento em janeiro de 2016. A partir daí, o plano é construir um protótipo funcional e colocá-lo no crowdfunding para a conclusão da MegaNet.

Redação

Comentários