Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$3,500.12
-1.99%
Ethereum (ETH)
$108.56
-5.80%
XRP (XRP)
$0.299508
-4.25%
EOS (EOS)
$2.32
-4.30%
Bitcoin Gold (BTG)
$10.41
-4.39%
O PayPal anuncia sua primeira parceria indireta com o Bitcoi...

Bitcoin

O PayPal anuncia sua primeira parceria indireta com o Bitcoin

O serviço americano PayPal anunciou nesta semana três grandes parcerias na área de processamentos de pagamentos bastante conhecidos no mercado Bitcoin, são eles: BitPay, Coinbase e GoCoin.

Embora o PayPal, líder na área de comércio eletrônico, ainda não oficializou uma integração oficial e direta com o Bitcoin, a iniciativa da parceira com as tecnologias citadas acima, sugere um futuro interesse da parte do PayPal em trabalhar diretamente com o Bitcoin como uma das formas de pagamento online.

Scott Ellison é diretor sênior de estratégia na empresa PayPal, e recentemente fez um post em seu blog revelando que os comerciantes on-line agora serão capazes de realizarem negociações com o Bitcoin, via todas as três empresas citados acima, através de um serviço de pagamento de ponto, também conhecido popularmente como PayPal Payments Hub. Este é um serviço unificado que permite o uso de diversas empresas de cartões de créditos e pagamentos por meio de operadoras de celulares.

No mais, Scott Ellison elogiou os serviços do BitPay, Coinbase e GoCoin pelo compromisso em garantir a proteção ao consumidor, e também por atrair os mais variados clientes neste mercado digital. Scott Ellison argumentou o seguinte:

Nós acreditamos que os comerciantes de bens digitais estarão bastante animados para trabalhar com essas empresas, líderes de mercado, e também, na possibilidade de vender produtos como: ringtones, jogos, músicas, e também receber pagamentos em forma de Bitcoins.

O PayPal atualmente está disponível para mais de 193 mercados com 26 diferentes tipos de moedas regulamentadas pelo mundo. Com 143 milhões de contas registradas e ativos somente nos Estados Unidos, o PayPal possui uma enorme receita de aproximadamente $6,6 bilhões de dólares ao ano. Não há dúvidas de que o PayPal é um gigante no comércio eletrônico, este serviço propõe um grande potencial para novos usuários e negócios no mercado de economia Bitcoin.

ADOTANDO A INOVAÇÃO

Scott Ellison chegou a sugerir que o PayPal está empenhado na área de inovação digital, mas argumenta que a moeda ainda é um pouco precoce, e requer uma maior avaliação. Além disso, ele sugeriu que a empresa estará monitorando o seu primeiro julgamento formal do Bitcoin, para avaliar como a moeda segue adiante no mercado como uma forma de pagamento online:

Estamos progredindo gradualmente nesta ideia, apoiando o Bitcoin em sua forma atual, e adiando outras oportunidades até que vejamos como tudo isso se evolui.

PayPal citou, como as principais razões para a sua recente decisão, o compromisso em permitir a liberdade de escolha e promover experiências de compra mais seguras para as suas empresas.

BitPay, Coinbase e GoCoin terão que pagar uma pequena taxa de referência para o PayPal, ou seja, suas estruturas de preços existentes não serão afetados por este movimento.

O SUPORTE PARA MODELOS DE NEGÓCIOS

Scott Ellison ressaltou que a recente decisão do PayPal está apoiando o ecossistema Bitcoin, e está acrescentando os seus esforços anteriores com o objetivo de ajudar as empresas no espaço digital, e facilitar ainda mais a utilidade do PayPal para diversos produtos. No entanto, Scott sugeriu que o PayPal está consciente das controvérsias que têm dominado este segmento da indústria digital, e que o seu apoio vai continuar por comerciantes que atendam a determinados critérios de segurança:

Para salvaguardar os nossos clientes, decidimos não trabalhar com os comerciantes que utilizam a prática da pré-venda de produtos. Isto é consistente com a nossa abordagem de mercado, além de nossos bens e serviços; nós adiaremos uma parceria a qualquer momento se determinarmos que esta prática apresenta uma experiência negativa ao consumidor.

Nos últimos meses, uma série de empresas de pré-venda de mineração de Bitcoin, incluindo líderes de mercado iniciais e atuais, como o Butterfly Labs e o CoinTerra, enfrentaram uma dura onda de processos judiciais feitas por clientes insatisfeitos que alegarem que a empresa não entregou os equipamentos no prazo estipulado. É exatamente isso o que o PayPal tenta evitar caso algum dia decida integrar o Bitcoin aos seus serviços de e-commerce.

DEBATENDO QUESTÕES DE SEGURANÇA

Em suas declarações, Scott Ellison também sugeriu que o PayPal tem acompanhado vários argumentos e discussões formais sobre a futura regulamentação do Bitcoin como uma moeda de uso oficial, e também esclareceu que o PayPal só vai promover parcerias com empresas que oferecerem certas proteções ao consumidor.

Em conclusão, o PayPal também admitiu que há outras cryptomoedas já disponíveis há algum tempo no mercado digital, mas ressaltou que somente o Bitcoin conseguiu alcançar esta escala significativa no espaço de moeda digital e pagamentos online.

Fonte: CoinDesk.com

Adam Almeida

Comentários