Name Price24H (%)
Bitcoin (BTC)
$6,476.42
-0.66%
Ethereum (ETH)
$203.91
-0.93%
Bitcoin Gold (BTG)
$25.93
-0.6%
XRP (XRP)
$0.452032
-1.46%
EOS (EOS)
$5.40
-0.88%
Uma das primeiras dissertações públicas de Satoshi sobre sua...

Bitcoin

Uma das primeiras dissertações públicas de Satoshi sobre sua obra.

Texto publicado pelo próprio Satoshi em 11 de fevereiro de 2009 no site da Fundação P2P pouco depois de um mês que o primeiro bloco (genesis block) foi minerado por ele mesmo, que certamente foi o pioneiro dos mineradores.

Bitcoin uma implementação de código aberto de moeda P2P

“Eu desenolvi um novo sistema P2P de dinheiro eletrônico (e-cash) chamado Bitcoin. Ele é completamente descentralizado, sem servidor central ou partes confiáveis, ìsso porque tudo é baseado em prova criptográfica no lugar de confiança. Tentem utilizá-lo ou deem uma olhada nas figuras e nas folhas do projeto.

Download Bitcoin v0.1 no endereço http://www.bitcoin.org

A raiz do problema com o dinheiro convencional está em na confiança que é necessária para fazê-lo funcionar. O banco central deve ser confiável para não desvalorizar a moeda, mas a história de moedas fiat está repleta de rupturas de confiança. Os bancos devem ser confiáveis para guardar nosso dinheiro e transferi-lo eletronicamente, mas eles passaram a emprestar nosso dinheiro em ondas de bolhas de créditos com apenas uma fração da reserva. Nós temos que confiar a eles a nossa privacidade, e confiar que eles não permitam que ladrões de identidade esvaziem nossas contas bancárias. Os enormes custos operacionais dos bancos tornam os micropagamentos impossíveis.

Uma geração atrás, sistemas de computadores multi-usuários e com tempo-compartilhado tinham um problema parecido. Antes da criptografia forte, os usuários tinham que contar com a proteção de senhas para proteger seus arquivos, colocando sua confiança no administrador de sistemas para manter sua informação segura. Privacidade podia ser sempre sobrescrevida pelo administrador baseado no seu próprio julgamento levando o princípio da privacidade para outras preocupações, ou a mando de seu superiores. A criptografia forte tornou-se disponível para a grande massa, e a confiança não se faz mais necessária. Os dados podem ser protegidos de uma forma que seja fisicamente impossível para outros acessarem, não importa a razão, não importa quão boa a desculpa, não importa o que for.

Já é hora de fazermos a mesma coisa com o dinheiro. Com moeda eletrônica baseada em prova criptográfica, sem a necessidade de confiar num terceiro intermediário, o dinheiro pode, sim, ser seguro e as transações, sem tanta dificuldade.

Assinaturas digitais são um dos blocos de contrução fundamentais para tal sistema. Uma moeda digital contém a chave pública de seu dono. Para transferi-la, o dono assina a moeda junto com a chave pública do próximo dono. Qualquer um pode checar as assinaturas digitais para verificar toda a cadeia de propriedade. Isso funciona muito bem para garantir a posse da moeda, mas ainda deixa um grande problema sem solução: o gasto-duplo (double-spending). Qualquer dono pode tentar re-gastar uma moeda que já foi gasta antes, bastando para isso assinar de novo a moeda com um outro dono. A solução mais comum seria ter uma empresa de confiança com um banco de dados central para se checar o gasto-duplo, mas isso seria voltar ao (velho) modelo de confiança. Em sua posição centralizada, essa empresa tem poder de substituir os usuários, além das taxas requeridas para pagar a empresa fazendo os micropagamentos impraticáveis.

A solução do Bitcoin é utilizar a rede ponto-a-ponto (peer-to-peer) para prevenir contra o gasto-duplo. Em poucas palavras, a rede funciona como um servidor de marca temporal (timestamp) distribuído, marcando a primeira transação para o gasto de uma moeda. Dessa forma, tira-se vantagem da natureza da informação ficando fácil de se espalhar e difícil de sobrecarregar (a rede). Para detalhes em como ela funciona veja o projeto.

O resultado é um sistema distribuído sem um único ponto de falha. Os usuários retêm as chaves criptográficas de seu próprio dinheiro e negociam diretamente uns com os outros, com a ajuda da rede P2P para prevenir o gasto-duplo.”

Satoshi Nakamoto

Marcus Coelho

Comentários

coinmag

Minerador de bitcoin aposentado (de julho/2011 a abril/2014) e grande entusiasta da criptomoeda, acreditando-a capaz de provocar grandes e favoráveis mudanças no mundo financeiro. Você pode fazer doações (tipping) para Marcus no endereço marcuscoelho.tip.me Marcus mantém também seu próprio blog verdadeproibida.com onde advoga contra a conspiração da Nova Ordem Mundial.